MILK FRUIT

MILK FRUIT

sábado, 28 de maio de 2011

Segunda Feira: Entrevista com Josué Figueira.


O BLOG DE OLHO NA POLITICA ENTREVISTOU O BLOGUEIRO JOSUE NA TARDE DESTE SABADO E SEGUNDA FEIRA VEM BOMBA...
Aguardem!!!

Mulheres do PMDB querem mais espaço dentro do partido


Brasília - Na abertura da convenção nacional do PMDB Mulher, em Brasília, a sua presidenta, Maria Elvira, “puxou a orelha” dos caciques peemdebistas e pediu mais espaço para as mulheres dentro do partido. “Queremos mais apoio. O que temos ainda não é suficiente”, disse, olhando para o presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO).
“Ficamos muito bravas ao ver que o programa do PMDB nacional, veiculado esta semana na televisão, não colocou a cara e a mensagem de nenhuma mulher. Temos senadora, vice-presidente do partido, vice da Câmara, muitas mulheres que poderiam aparecer. Fizemos uma carta dura, de desagravo ao partido”, afirmou Maria Elvira, que após cinco anos à frente do PMDB Mulher passará o comando hoje para a deputada federal Fátima Pelaes (AP).
“Foi um lapso, um erro, que percebi tarde”, admitiu o senador Raupp, ao comentar a ausência da participação feminina no programa. “No próximo programa que vamos produzir e será veiculado em agosto, teremos 30% do tempo com elas”, disse à Agência Brasil.
O programa do partido, veiculado duas vezes esta semana, passará na televisão mais uma vez nos próximos dias. Ele tem a participação do vice-presidente da República, Michel Temer, do presidente do PMDB, Valdir Raupp, dos ministros da Agricultura, Wagner Rossi, e de Assuntos Estratégicos, Moreira Franco, além do senador Eunício de Oliveira (CE) e dos novos filiados Gabriel Chalita, vereador na cidade de São Paulo, e Paulo Skaf, ex-presidente da Fiesp.
Raupp admitiu que a participação das mulheres está aquém da merecida e dos espaço que elas conquistaram na sociedade. Atualmente, elas são apenas 10% no parlamento brasileiro, metade da média mundial, de 20%. A legislação nacional determina que os partidos preencham no mínimo 30% das vagas para as candidaturas de mulheres às assembleias legislativas, câmaras municipais e à Câmara Federal.

Danilo Macedo
Repórter da Agência Brasil

Grupo de Aécio vence Serra e passa a comandar PSDB

O ex-governador José Serra saiu neste sábado derrotado na briga interna pelo comando do PSDB e pela liderança na fila de pré-candidatos da legenda ao Planalto em 2014. No novo balanço de poder do partido, o grupo político do senador Aécio Neves (MG) obteve o comando de postos-chave na máquina partidária. Como prêmio de consolação, Serra vai presidir o Conselho Político do PSDB.

Depois de uma madrugada tensa de negociações, Serra recuou do desejo de presidir o Instituto Teotônio Vilela (ITV). Para minimizar danos e não aprofundar o racha partidário, os caciques do partido decidiram turbinar o Conselho Político, atribuindo-lhe funções práticas, como a edição de normas internas. Mas apesar de presidir o novo órgão, Serra não terá ali maioria. Do mesmo colegiado farão parte o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o próprio Aécio e os governadores Geraldo Alckmin (SP) e Marconi Perilo (GO).

A luta pelo ITV, que será presidido pelo ex-senador cearense Tasso Jereissati, mais afinado com Aécio, era o pano de fundo da convenção nacional do PSDB que reelegeu o deputado Sérgio Guerra (PE) presidente nacional do partido. A disputa antecipou 2014, em uma espécie de primeira etapa das prévias partidárias que irão escolher o candidato tucano à sucessão da presidente Dilma Rousseff. O objeto real do duelo entre aecistas e serristas era o controle da estrutura partidária para a construção de uma candidatura presidencial.

Com auditório cheio de convencionais, Aécio, Serra e FHC chegaram juntos ao evento. O trio foi recepcionado por um coro que ora pedia um "tucano na presidência", ora "Aécio presidente". No palanque, porém, todos os discursos foram de união partidária.

NE10.

Sergio Guerra é reeleito presidente do PSDB


A convenção nacional do PSDB neste sábado (28), na capital federal, reelegeu o deputado Sérgio Guerra (PE) para a presidência do partido. Os convencionais também escolheram o ex-senador Tasso Jereissati (CE) para a presidir o Instituto Teotônio Vilela (ITV) – órgão de estudos e formação política do partido, com orçamento próprio e gestão independente.

A cúpula tucana anunciou ainda a formação do novo conselho político do partido, que inclui o ex-governador de São Paulo José Serra, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, o senador mineiro Aécio Neves, o atual governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o governador de Goiás, Marcone Perilo.


O presidente Sérgio Guerra anunciou ainda que os ajustes necessários para o novo conselho, que deverá ter poder de deliberação na executiva nacional, serão feitos posteriormente. Guerra procurou demonstrar consonância com os discursos de Aécio Neves e José Serra e voltou a afastar os rumores de racha interno no partido. “O PSDB nunca esteve dividido. Essa afirmação é uma fraude. Sempre nos unimos”, disse.

As notícias sobre o que seria uma disputa de poder entre o senador mineiro e o ex-governador de São Paulo também foram negadas pelos dois em discursos anteriores ao de Sérgio Guerra. A presidência do Instituto Teotônio Vilela, que teria sido almejada por Serra e oferecida a Jereissati pelo grupo de Aécio Neves, estaria entre os principais pontos de discórdia.

NE10.

FHC prega unidade partidária no PSDB e ataca Governo


Seguindo o script de todos integrantes da cúpula tucana na convenção nacional do PSDB, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também pregou a unidade partidária e criticou o governo petista. O ex-presidente disse que em breve fará 80 anos, mas que se sente com energia de um jovem para lutar pelo país.
- O PSDB conseguiu mais uma vez superar suas divergências internas, estamos juntos aqui e tenho certeza que essa é apenas uma das convenções de muitas que virão para nos fortalecer. O nosso aliado é o Brasil e o povo brasileiro - disse Fernando Henrique, criticando a força do governo petista no Congresso: - Os donos do poder fazem tudo para calar a boca, para impedir CPI, para impedir investigações e faz tudo por medidas provisórias impostas ao Congresso. Não que eu seja contra tudo, mas é preciso que o Congresso discuta, dialogue, avalie e decida. E não diga sempre sim senhor, e agora sim senhora.
Fernando Henrique ainda ironizou o "nunca antes nesse país", expressão muito usada pelo ex-presidente Lula.
- Nunca teve tantas obras paradas; ficaram criticando a privatização e agora falam em chamar a iniciativa privada para fazer os aeroportos.
Após o discurso do ex-presidente, o senador Aécio Neves (MG), num improviso, puxou parabéns pelos 80 anos de Fernando Henrique, finalizando a convenção do PSDB.

Diário de Pernambuco. 

PSDB define nomes da executiva nacional

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), definiu, hoje, os nomes da executiva nacional, acabando com um impasse que durava semanas. Sérgio Guerra permaneceu no posto de presidente do partido. O ex-governador de São Paulo, José Serra, vai ficar no comando do Conselho Político, que ainda vai ser criado pelo presidente da legenda.
A definição do cargo de José Serra estava provocando conflitos internos no PSDB. Ele reivindicava a presidência do Instituto Teotônio Vilela (ITV), entidade de estudos e formação política do partido. Entretanto, o posto será ocupado pelo ex-senador cearense Tasso Jereissati.
Veja a relação da 10ª Comissão Executiva Nacional do partido:
Presidente de Honra: Fernando Henrique Cardoso
Presidente: Sérgio Guerra
Primeiro Vice-Presidente: Alberto Goldman
Vice-presidente: Eduardo Jorge Caldas Pereira
Vice-presidente: Emanuel Fernandes
Vice-presidente: Flexa Ribeiro
Vice-presidente: João Almeida

Secretário-Geral: Rodrigo de Castro
Primeiro Secretário: Paulo Bauer
Segundo Secretário: Alfredo Kaefer

Tesoureiro: Márcio Fortes
Tesoureiro-Adjunto: Reinaldo Azambuja

Líder no Senado Federal: Álvaro Dias
Líder na Câmara dos Deputados: Duarte Nogueira

Vogal: Andrea Matarazzo
Vogal: Andrea Zito
Vogal: Bonifácio Andrada
Vogal: Bruno Araújo
Vogal: Cássio Cunha Lima
Vogal: Cícero Lucena
Vogal: Jutahy Magalhães Junior
Vogal: Leonel Pavan
Vogal: Sílvio Mendes
Vogal: Telma de Oliveira
Suplente 1: Wilson Santos
Suplente 2: Teresinha Nunes
Suplente 3: Márcio Bittar
Suplente 4: Otávio Leite
Suplente 5: Elton Rohnelt
Suplente 6: Moema São Thiago
Suplente 7: Antônio Luz

Ex-presidentes:
Fernando Henrique Cardoso
Pimenta da Veiga
Teotônio Vilela
José Aníbal
José Serra
Eduardo Azeredo
Tasso Jereissati

Diário de Pernambuco.

Editora afirma que publicação não era livro


Choque de informações, buscas sem respostas e documentos que esclarecem uma questão, mas não extinguem outras. Esse é o resumo do terceiro dia de investigação sobre a distribuição do livro Recife no dia a dia com seus poetas, da autora Anita Pinheiro, realizada em 2008, aos alunos da rede municipal e questionada pela vereadora do Recife Aline Mariano (PSDB), quarta-feira, na Câmara Municipal.
Ao realizar visita a algumas escolas municipais em busca de um exemplar da obra, a reportagem do Diario encontrou, na última quinta-feira, uma agenda com o mesmo título do livro. O depoimentos das professoras eram unânimes de que, através daquele material, foram trabalhados os temas durante o ano, já que nela, em cada mês, continha um texto sobre um poeta recifense. A partir daí, além da notória ausência do livro nas escolas, surgiu a hipótese da prefeitura ter errado o objeto de compra descrito no Diário Oficial do dia 5 de janeiro de 2008.
A Multi-Marcas Editora LTDA, também conhecida como Editora Construir, que produziu o exemplar, foi procurada para que explicasse qual foi a formatação solicitada pela prefeitura em 2008. A editora da empresa, Regina da Silva, por telefone, explicou: "Não é bem um livro, não. É uma agenda com caráter informativo, que contém poemas e homenagens e é rica em fotos". Regina também comentou que a Construir não ficou com nenhum exemplar produzido.
A ex-assessora executiva da Secretaria de Educação, Edna Maria Garcia, que publicou no Diário Oficial a compra dos 137.500 exemplares no valor de R$ 4.225.375, afirma que a aquisição feita, em 2008, foi de um livro. "Pela quantidade de texto que contém já se constitui um livro. Além do mais, os espaços existentes foram feitos para que os alunos trabalhassem as atividades nele", argumentou.
Ela também explicou que, na época, atendendo as exigências do artigo 6º da Lei 10.753/2003, foi feito um registro no ISBN (International Standard Book Number), número padrão internacional de livro, na Biblioteca Nacional. O número do registro é 978-85-7752-368-9. Sobre a inexigibilidade de licitação, a prefeitura assegura que há comprovação de exclusividade do material, atestado pela Câmara Brasileira de Livros, como determina o artigo 25 da Lei de Licitação. As agendas distribuídas neste ano, segundo o publicado no Diário Oficial, custaram R$ 381.536,40.

A ex-secretária de Educação, Maria Luisa Aléssio, por meio de nota, esclareceu que "a aquisição e distribuição dos 137 mil exemplares correu dentro dos trâmites legais" e que a entrega foi registrada no Almoxarifado da Secretaria de Educação. Segundo ela, foram distribuídos 131.170 livros para estudantes, professores, gestores, estagiários, auxiliares e animadores culturais e há uma reserva em depósito de 5.830 exemplares.

Por Ana Luiza Machado, do Diario de Pernambuco

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Sai o resultado do Dia do Desafio

Espetacular, saiu o resultado do Dia do Desafio e Belo Jardim consegue mobilizar 72,05% da sua população, em uma maratona de 24 horas seguidas contra a cidade Boliviana de Viacha.

Enquanto nosso município conseguiu mobilizar uma quantidade incrível de pessoas neste desafio, a sua oponente atingiu a penas 22.33% de sua gente, prova inconteste de que o belojardinense ama praticar esportes. Nossos parabéns a todos que vestiram a camisa do Dia do Desafio, em especial ao SESC de Belo Jardim, que teve a iniciativa de escrever nossa cidade nesse importante evento mundial.

Deixamos um recado para os nossos políticos e empresários de nossa terra, vamos apoiar essas iniciativas, um vez que é barata, prazerosa e vital a saúde.

Escrito por: Jadilson Gonçalves.



FONTE: No Giro da Cidade.

EDUCAÇÃO FAZ BONITO NO ‘DIA DO DESAFIO’

Estudantes e trabalhadores praticam atividades em todos os pontos da cidade

Belo Jardim brilhou no ‘Dia do Desafio’. A manhã começou animada na frente da Prefeitura, na Rua Siqueira Campos, com uma aula de ginástica aeróbica. Participaram da atividade os Servidores Municipais, lojistas e população em geral.

Durante todo o dia, as Escolas também estavam engajadas. As Redes Municipal, Estadual e Particular realizaram várias atividades recreativas e esportivas, entre elas a Escola do Futuro Valmir Pereira, da Rede Particular; Esc. Municipal Risoleta Cavalcante, no Conjunto Morada Nobre; Centro Comunitário Municipal Castelinho; Centro de Educação Infantil Débora Barbosa Valença; Escola Estadual Frei Cassiano Comacchio; Esc. Mun. do Campo, em Taboquinha; Esc. Municipal Nossa Sra. do Bom Conselho Escola e Escola Mun. Prof. Antenor Vieira de Melo, no Santo Antônio.

As empresas belojardinenses, também se exercitaram com ginástica laboral.

À noite, uma grande festa foi realizada na Rua Siqueira Campos para dar o resultado. Belo Jardim conseguiu mais 52 mil adesões.

Confira os melhores momentos desta festa.

 







Assessoria de Imprensa da Secretaria de Educação, Tecnologia, Esporte e Juventude

Lula cogita convocação de Assembleia Constituinte exclusiva


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defende a unificação das eleições nos níveis federal, estadual e municipal a partir de 2014. Ao participar hoje (27) de reunião com representantes de seis centrais sindicais, ele pediu apoio à aprovação de reforma política que estabeleça, entre outros mudanças, eleições em um único ano e o financiamento público de campanhas. Caso a proposta não avance, Lula propõe a convocação de Assembleia Constituinte exclusiva para votar a reforma política, disse o presidente o presidente da Força Sindical, o deputado federal Paulo Pereira, o Paulinho da Força.

“Se [a mobilização] não funcionar, ele [Lula] acha até que devemos ter uma eleição para fazer uma Constituinte exclusiva sobre a questão eleitoral”, afirmou Paulinho da Força. O ex-presidente não deu entrevista depois de se reunir com os sindicalistas, em São Paulo.

Segundo as lideranças das centrais sindicais, Lula entende que as eleições para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados federais e estaduais e vereadores devem ocorrer em um mesmo ano, com um intervalo de alguns meses. “Ele acha que essa coisa ter eleições a cada dois anos deve acabar. Não para agora, mas para 2014 ”, disse Paulinho da Força.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Arthur Henrique da Silva, citou outras propostas defendidas por Lula. De acordo com Arthur, o ex-presidente é a favor da fidelidade partidária, da ampliação das formas de participação da sociedade na política e da redução dos custos das eleições.

Para diminuir os gastos eleitores, Lula propõe o financiamento público de campanhas, segundo Arthur. Essa proposta do ex-presidente recebeu o apoio da maioria das centrais sindicais. “Financiamento público é quase unanimidade [entre as centrais]”, disse Arthur.

De acordo com o presidente da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Antonio Neto, ainda há pontos discordantes que precisam ser melhor debatidos entre os sindicalistas. Para buscar um consenso, acrescentou, será promovida uma reunião plenária nos próximos meses. “Faremos um seminário com os movimentos sociais e partidos políticos e vamos ver como podemos entrar definitivamente nesta discussão.”

Se for aprovada uma proposta conjunta de reforma política, as centrais sindicais vão trabalhar pela sua aprovação, ressaltou Paulinho da Força

Diário de Pernambuco.

Jaqueline Roriz não pode ser enquadrada em novas regras do Código de Ética

As alterações no Código de Ética da Câmara não servirão para abrandar uma eventual punição à deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF) no processo que ela responde por quebra de decoro parlamentar. A avaliação é do presidente do Conselho de Ética, deputado José Carlos Araújo (PDT-BA). As mudanças nas regras estabelecem penas alternativas para deputados, como suspensão ou advertência, e não apenas a cassação.

“A convicção do relator [Carlos Sampaio (PSDB-SP) sobre o processo respondido por Jaqueline Roriz] já foi formada. O parecer está pronto e não levou em considerações as novas as regras”, disse Araújo.

O julgamento do processo da deputada ocorrerá no próximo dia 8. Como o parecer do relator do caso ficou pronto antes da alterações no Código de Ética, Jaqueline Roriz não poderá enquadrada nelas.

Segundo Araújo, as novas regras não servirão para absolver os deputados que respondem a processo. “Pelo contrário. Quantos deputados foram julgados e foram absolvidos porque o relator achava que a pena de cassação era muito severa? Se tivesse outra pena, eles dariam. A cassação em alguns casos é muito severa. Não é um afrouxamento. É uma adaptação para poder punir mais.”

Outra alteração feita no Código de Ética prevê a devolução do dinheiro pelo parlamentar em caso de dano ao Erário. Para o presidente do Conselho de Ética, a medida vai fazer com que os deputados “pensem duas vezes [antes de se envolver em situação irregular]”. Ele lembrou o caso do ex-deputado Edmar Moreira, acusado de pagar seguranças com dinheiro da Câmara. Edmar foi absolvido no processo. “Hoje, ele pegaria suspensão e teria de devolver dinheiro.”

Diário de Pernambuco.

Aula de Cidadania

O Projeto Conhecendo a Assembleia Legislativa de Perto recebeu, ontem, 28 estudantes das Escolas Municipais Maria Ferreira Martins, Major Antônio Inácio e Getúlio Vargas. As instituições de ensino são do município de Itaíba, do distrito de Negas e do povoado de Jirau. O grupo foi convidado pelo deputado Claudiano Martins Filho (PSDB). Na Aula de Cidadania, explicações quanto ao funcionamento da Casa Joaquim Nabuco, à elaboração de leis e à atuação parlamentar. “Trazer alunos da cidade em que nasci para o Parlamento é muito gratificante, uma vez que, além de se inteirarem sobre o Palácio Joaquim Nabuco, eles têm a possibilidade de conhecer o Recife, pois muitos nunca vieram à Capital”, observou Claudiano Filho. Os representantes das escolas receberam o livro Pernambuco: Caminhos da Liberdade. Durante a reunião plenária, o parlamentar voltou a saudar os jovens e a cidade de Itaíba, citando o histórico da localidade, o número de habitantes e o potencial econômico.

Diário Oficial.

ANJ defende mais transparência entre jornais e leitores

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) apresentou, nesta quinta-feira (26), o Programa Permanente de Autorregulamentação, um documento com sugestões aos veículos para garantir a relação transparente com os leitores. Discutido ao longo dos últimos meses por integrantes da entidade, o novo instrumento sugere, por exemplo, práticas como a publicação de cartas de leitores, reconhecimento de erros e criação de conselhos editoriais - grupos que ajudam, em linhas gerais, a orientar a linha editorial do veículo.

"As ações serão adotadas de forma descentralizada, a critério de cada associado. Muitos dos veículos já mantêm várias das medidas relacionadas no programa", afirmou a presidente da ANJ, Judith Brito.

A autorregulamentação começou a ser discutida ano passado, durante o Congresso Brasileiro de Jornais, realizado em agosto, numa espécie de reação à proposta ensaiada no governo Lula de criação de um conselho para fiscalizar o jornalismo. Ele surge também meses depois de iniciativas como a do senador Roberto Requião (PMDB-PR), de apresentar um projeto regulamentando o direito de resposta.

Para Judith, o Programa Permanente é uma mostra do compromisso dos jornais com a prática diária da liberdade. "Essa é mais uma demonstração de que não vamos aceitar nenhum tipo de interferência externa, de censura. Reforçamos com isso a independência do jornal."

Vice-presidente da ANJ e integrante do Comitê de Liberdade de Expressão, Francisco Mesquita Neto, completa: "A autorregulamentação tira a motivação do legislador de impor de fora para dentro algo que coíba a oportunidade dos veículos de se manifestarem."

Hoje, representantes da ANJ votaram uma mudança no estatuto para que, a partir de agora, seja considerado dever do veículo manter um programa que garanta a transparência com leitores e sociedade. Dos 50 representantes que participaram do encontro, dois foram contrários à proposta: Correio do Povo e Hoje em Dia.

O programa apresenta uma espécie de cardápio de sugestões. As medidas sugeridas são semelhantes a experiências bem sucedidas. Cada veículo tem liberdade para adotar o formato que julgar mais conveniente. Judith acredita que não haverá resistência entre os associados.

O prazo para o desenvolvimento do programa será definido na próxima reunião da ANJ, prevista para este mês. A expectativa é de que veículos tenham um ano para a apresentação de seu programa. Não está previsto nenhum tipo de sanção para o caso desrespeito a esse prazo. O formato do programa adotado por cada veículo não será fiscalizado pela ANJ.

FONTE: NE10.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Ex-prefeito de Maraial é denunciado à Justiça por desvio de verbas públicas

O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco denunciou à Justiça Federal José Pereira da Silva Filho, prefeito do município de Maraial, na Zona da Mata, de 2005 a 2008, por desvio de verbas públicas. Ele é acusado de praticar irregularidades na aplicação de recursos repassados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) destinados a construção de módulos sanitários domiciliares. Por conta das irregularidades, o município está impedido de receber o saldo restante relativo ao convênio, bem como firmar novos contratos. A pena prevista para o crime varia de dois a 12 anos de reclusão.

Segundo o MPF, a prefeitura de Maraial firmou convênio, em 2006, com a Funasa no valor de R$ 300 mil, sendo R$ 11 mil a contrapartida do município, para construção de 90 unidades de privadas higiênicas até maio de 2007. Apesar do município ter recebido o valor parcial de R$ 240 mil, apenas 35 banheiros tinham sido construídos até fevereiro do ano passado, o que corresponde a 35,9% das obras. A empresa vencedora e executante da obra recebeu somente R$ 107 mil para realização dos serviços.

Além disso, de acordo com o MPF, a Funasa nunca recebeu a prestação de contas do convênio e o ex-gestor não disponibilizou o processo licitatório para as referidas obras. O novo prefeito de Maraial, que sucedeu o denunciado, chegou a informar à Funasa que, ao assumir a prefeitura, em janeiro de 2009, verificou diversas omissões de informações e extravio de documentos referentes ao convênio.

Diário de Pernambuco. 

Recurso de Marcos Valério aceito pelo STF pode atrasar julgamento

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram hoje (26), por 6 votos a 5, aceitar parcialmente recurso ajuizado pelo publicitário Marcos Valério Fernandes no processo que apura as responsabilidades no mensalão. Eles concordaram em pedir ao Instituto Nacional de Criminalística (INC) informações sobre a formação profissional de três peritos que analisaram as provas do esquemas de compra de votos de parlamentares no Congresso Nacional, revelado em 2005.

O STF decidiu, no entanto, que a pendência da nova informação não deve interferir no andamento do processo, que já está na fase de alegações finais. Não se sabe, porém, se as informações poderão resultar em impugnações futuras de laudos, o que atrasaria a conclusão do julgamento. Outro pedido feito no mesmo recurso queria saber o tempo que os peritos estavam no INC, mas foi negado pelos ministros.

Segundo a defesa de Marcos Valério, os dados sobre a formação dos técnicos do INC são importantes porque as conclusões dos peritos “serão mais ou menos respeitadas e acatadas, se os mesmos tiveram formação profissional compatíveis com os objetos das respectivas perícias que elaboraram”.

O ministro Celso de Mello, primeiro a aceitar o recurso, concordou com a defesa, lembrando que uma lei de 2008 determina que os peritos só podem emitir laudos nas áreas em que são especializados.

O ministro Joaquim Barbosa criticou o argumento. “Quer dizer que nós vamos, por meio de uma lei casuística, provavelmente votada no Congresso com um destino certo, aprovar esse recurso?”, perguntou. E completou: “Eu proporia verificar a idoneidade da lei que veio interferir, neste momento, nessa questão”.

Diário de Pernambuco.

De acordo com Barbosa, o laudo pericial deveria ter sido contestado quando foi apresentado. “Porque só suscitaram isso quando nos encaminhamos para as questões finais? Se o perito é sociólogo, não interessa, porque integra o quadro de peritos do INC. Não faz sentido isso.”

Polêmica sobre kit gay faz evangélicos pedirem a cabeça de Haddad


Em reunião com Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), deputados evangélicos pediram a cabeça do ministro Fernando Haddad (Educação) após a polêmica envolvendo o "kit anti-homofobia", informa o "Painel" da Folha, editado por Renata Lo Prete (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).
Os parlamentares ouviram de Carvalho: "Como cristãos, vocês precisam perdoar o ministro". E responderam: "Perdoamos, mas ele tem que se retratar!".
Ontem, a presidente Dilma Rousseff determinou a suspensão da produção e distribuição do kit em planejamento no Ministério da Educação, e definiu que todo material do governo que se refira a "costumes" passe por uma consulta aos setores interessados da sociedade antes de serem publicados ou divulgados.
Segundo o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria Geral), Dilma considerou o material do MEC "inadequado" e o vídeo "impróprio para seu objetivo".

FONTE: Blog de Jamildo.

Oposição diz ter assinaturas suficientes para CPI sobre Palocci

O líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PR), afirmou nesta quinta-feira (26) que a oposição vai conseguir as assinaturas de senadores exigidas para criação de Comissão Parlamentar Mista de Inquérito com objetivo de investigar o aumento de patrimônio do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci.
Segundo o senador, o requerimento da CPMI tem atualmente 19 das 27 assinaturas necessárias no Senado. As oito restantes já estariam prometidas por senadores, inclusive da base do governo. Para a criação da CPMI, são necessárias ainda assinaturas de 171 deputados.
- Teremos novas adesões na próxima semana. Vários senadores pediram apenas que esperássemos as explicações do ministro Palocci ao procurador-geral da República. Se não forem convincentes, eles irão assinar o requerimento - afirmou Alvaro Dias.
Caso a oposição não consiga a adesão de deputados federais em número suficiente para uma comissão mista, os senadores pretendem apresentar pedido para criação de uma CPI apenas do Senado. Para isso, farão um novo requerimento, a ser assinado pelos mesmos senadores que já aderiram ao da CPMI.
Na semana passada, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, deu a Antonio Palocci prazo de 15 dias para que esclarecesse fatos relativos à denúncia publicada pelo jornal Folha de S. Paulo de que seu patrimônio cresceu cerca de 20 vezes nos últimos quatro anos. Gurgel teria repassado ao ministro os questionamentos feitos à PGR em representações assinadas pelo PPS, DEM e PSDB. O prazo acaba no dia 4 de junho.
Nesta quinta-feira, na tentativa de evitar a instalação da CPMI, Palocci apresentou suas explicações à bancada do PT no Senado. A conversa aconteceu no Palácio da Alvorada, com a presença da presidente Dilma Roussef e de ministros. Presente ao encontro, o senador João Pedro (PT-AM) saiu convencido de que não há nada de errado na conduta de Palocci.
- Ele explicou tudo e está bastante tranquilo - garantiu. 
Agência Senado.

Adalto Santos relata alívio por suspensão da entrega de material contra homofobia

O deputado Adalto Santos, do PSB, foi à tribuna, nesta quinta (26 de maio), relatar alívio pela suspensão da entrega de kits contra homofobia nas escolas públicas, por parte do Governo Federal. A presidente Dilma Rousseff decidiu não distribuir mais o material depois de se reunir com líderes da bancada religiosa da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Na opinião de Adalto Santos, milhões de brasileiros também devem estar aliviados com a medida, porque estão indignados com o conteúdo dos kits. Para o parlamentar, o material é uma afronta aos valores da família. O deputado parabenizou a presidente Dilma pela suspensão e por ter anunciado que vai se reunir uma vez por mês com líderes evangélicos. (L.R.)


FONTE: Alepe.

Ministro diz que vai discutir relação entre agricultura e mercado financeiro


O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, afirmou hoje (26) que vai discutir com representantes de países membros do G20 (grupo dos 20 países mais ricos) a crescente relação entre a agricultura e o mercado financeiro. Segundo ele, essa relação pode ser nociva, facilitando a especulação do preço das commodities e também elevando o preço dos alimentos.

Rossi disse que o debate ocorrerá em reunião que ocorrerá em Paris, no mês que vem. Todos os ministros da Agricultura do G20 devem participar do evento.

Ele afirmou também que o Brasil já tem algumas posições claras sobre o tema. Segundo ele, o país é contra a regulação dos preços de produtos agropecuários, porém é favorável a uma certa limitação da influência do mercado financeiro sobre o setor.

“Não somos contrários a um certo nível de regulação para a relação entre a produção e o mercado financeiro”, explicou o ministro. “Essa relação é importante para estabelecer garantias, contratos futuros, etc. Mas, quando ela vai ao nível da especulação com commodities, tende a fazer com o preço dos alimentos suba.”

O ministro disse também que irá conversar com representantes do mercado nacional para agregar mais argumentos à posição brasileira sobre o tema. Ele ressaltou ainda que o governo sempre defenderá o produtor rural. “Vou me reunir com o pessoal da BM&F Bovespa [Bolsa de Valores de São Paulo]. Também estou trabalhando com a minha equipe técnica para levar um posição firme em defesa do produtor brasileiro.”

Diário Pernambuco.

Dilma quebra o silêncio e faz defesa veemente de Palocci

A presidente Dilma Roussef fez nesta quinta-feira, 26, uma defesa veemente do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, durante uma solenidade pública de assinatura de convênios para a construção de quadras esportivas em escolas, na qual Palocci estava presente.

"Palocci está dando todas as explicações. Espero que essa questão não seja politizada como (foi) ontem (quarta-feira)", disse a presidente, numa referência à questão levantada pelo PSDB em torno da restituição do imposto de renda da empresa WTorre, para a qual o ministro Palocci prestou consultoria.

Dilma considerou o episódio "lastimável" e explicou que a Receita Federal demorou dois anos para fazer a restituição do imposto de renda à empresa e que uma decisão judicial determinou o pagamento.

"Não se trata de nenhuma manipulação. Lamento essa questão estar sendo politizada. O Palocci está dando todas as explicações", reafirmou Dilma, completando que o ministro continuará prestando todos os esclarecimentos sobre o aumento do seu patrimônio nos últimos anos.

Anti-homofobia. Mais cedo, a presidente também criticou e condenou o kit contra homofobia que está sendo veiculado e seria distribuído pelo Ministério da Educação.

"Não aceito propaganda de opções sexuais. Não podemos intervir na vida privada das pessoas", disse em cerimônia no Palácio do Planalto.

Dilma confirmou ter assistido a um dos vídeos e disse que não gostou do seu conteúdo. Ela afirmou que o governo defende a educação e a luta contra práticas homofóbicas.

Parlamentares da bancada evangélica ameaçavam endossar os pedidos da oposição para que Palocci seja ouvido no Congresso caso o governo não recuasse. Na quarta-feira, os parlamentares se encontraram com ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho. Na ocasião, Carvalho anunciou a suspensão e produção dos vídeos e cartilhas contra a homofobia.

FONTE: Blog de Jamildo.

O POVO PEDIU O VEREADOR REALIZA O SÃO JOÃO DO POVÃO

VEM AI !!!

O SÃO JOÃO DO POVÃO
COM OS MALANDROS DO FORRÓ

ÀGUA FRIA-      05/06/11   16 HORAS 


RODRIGUES - 11/06/11   16 HORAS

LAGOA DA CHAVE-12/06/11    16 HORAS

ALTO DA PALESTINA -18/06/11    12 HORAS

COHAB II -19/06/11   12 HORAS

BAR DO CHUVEIRÃO-23/06/11    12 HORAS

BAIRRO DA LAGOA -25/06/11   16 HORAS 

COHAB III- 26/06/11   12 HORAS

SITIO BOLA  -02/07/11   16 HORAS

TABOQUINHA -03/07/11   16 HORAS


REALIZAÇÃO;O VEREADOR DO POVÃO 

CRISTIANO CABELUDO


A decepção de uma categoria


Anônimo disse:
Caro Blogueiro, a categoria está de parabéns pela iniciativa de propor uma deflagração de greve é de direito dos mesmos, mas sabendo ela se que o sindicato que os representa não tem idoneidade para cobrar nada da atual gestão.
Estão ai desmoralizados sem perspectivas de valorização, devido a uma gestão desqualificada sem respeito pelos professores, cabe aos professores se imporem e fazerem uma reformulação na atual diretoria deste sindicato. Fora Lurdinha teu reinado acabou, está desmoralizada, sem prestigio e contigo levasse toda a categoria para o fundo do poço.

Eu mesma:
Como pode ser ilegal lutar para que um acordo feito com o prefeito e assinado pelo próprio. Como podemos acreditar numa justiça que não garante os direitos que estão na lei?

Eu mesma:
Quanto mais eu vejo a ação da justiça, mais me decepciono com ela. 

FONTE: Na Mira do Paredão.