MILK FRUIT

MILK FRUIT

sábado, 19 de janeiro de 2013

Ministério gasta R$ 26,6 mil com ornamentação


 O Ministério das Relações Exteriores (MRE) gastou R$ 26,6 mil para ornamentar solenidades. O contrato firmado pela pasta com uma empresa brasiliense, é para o fornecimento de flores e plantas. O documento prevê um gasto de R$ 245,8 mil com ornamentos. Entre os eventos sob responsabilidade do MRE, programados para o início deste ano, estão a VI Cúpula Brasil - União Europeia, em janeiro, em Brasília, e o I Seminário Regional da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), em abril, no Rio de Janeiro. Segundo a ONG Contas Abertas, o primeiro empenho realizado para o contrato com a floricultura, no valor de R$ 26,6 mil, envolve 870 itens, entre arranjos, buquês e vasos.




Magno Martins.

Novos prefeitos terão encontro em Brasília para estabelecer parcerias


 Mais de 20 mil representantes dos 5.568 municípios brasileiros, entre prefeitos empossados recentemente, vice-prefeitos, vereadores e seus assessores, estarão em Brasília entre os dias 28 e 30 de janeiro para participar do 2º Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas - Municípios Fortes, Brasil Sustentável. O evento, que teve sua primeira edição em 2009, terá a participação da presidenta Dilma Rousseff.
A Secretaria de Relações Institucionais (SRI) da Presidência da República, que coordena o evento, informou que o objetivo do encontro é estabelecer parcerias entre a União e os municípios para promover o crescimento econômico do país com inclusão social, equilíbrio ambiental e participação cidadã.
Durante o evento, o governo federal apresentará aos gestores municipais seus principais programas com impacto na vida dos municípios brasileiros, como o Brasil sem Miséria, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e Política Nacional de Recursos Sólidos e de Saneamento.
“A ideia é que os prefeitos e as prefeitas possam conhecer melhor os instrumentos que estão disponíveis para cumprir com o plano de governo proposto durante a campanha deles”, informou a SRI. Os gestores poderão conhecer melhor, com a oportunidade de contato direto com os ministérios do governo, programas de desenvolvimento social, econômico, ambiental e urbano.
No encontro, alguns prefeitos apresentarão casos de boas práticas de seus municípios e de consórcios intermunicipais. Também serão oferecidas oficinas técnicas sobre o sistema de convênios e contratos de repasse.


Agência Brasil.

Após ondas gigantes, Marinha libera barcos no porto de Fernando de Noronha


A Marinha decidiu liberar o trânsito de embarcações de turismo, esporte e recreio no Porto de Santo Antônio, em Fernando de Noronha. O arquipélago foi atingido por ondas de cinco metros na madrugada da última quarta-feira (16), que afundaram pelo menos cinco embarcações.
As ondas gigantes foram provocadas por um fenômeno conhecido como swell, causado pela propagação da energia de tempestades oceânicas. Além dos barcos afundados, as ondas danificaram o porto, que foi fechado pela Capitania dos Portos de Pernambuco.
De acordo com a Marinha, as embarcações de turismo, esporte e recreio que haviam sido deslocadas para a Praia de Sueste – em outra parte do arquipélago – já começaram a retornar para a Praia do Porto de Santo Antônio. Embarcações maiores só serão liberadas, após verificação do canal e a medição da profundidade.
A Marinha alerta aos condutores sobre a navegação na área porque a boia de sinalização na entrada do porto foi destruída pelas ondas. Além disso, pedras do muro de proteção se desprenderam e estão soltas na água.
O navio-patrulha Guaíba foi enviado ao arquipélago para monitorar a situação em substituição à embarcação Goiana, que estava na área desde terça-feira (17), e auxiliou no resgate de barcos que ficaram à deriva. O capitão dos Portos de Pernambuco, Capitão-de-Mar-e-Guerra Ricardo Pinheiro Padilha, e o futuro Capitão dos Portos, Capitão-de-Mar-e-Guerra Cláudio Grilli, acompanham a operação.


Agência Brasil.

Águas Belas decreta estado de calamidade pública


O prefeito de Águas Belas, Genivaldo Meneses (PT), decretou estado de calamidade pública no município. A medida foi tomada em virtude do colapso no abastecimento de águas que atinge o centro e a zona rural do município. O abastecimento de água já vinha sendo feito de forma emergencial pela prefeitura e pela Compensa, mas com o prolongamento da falta de chuva, as nascentes e os reservatórios que abasteciam os carros pipas também secaram.
Segundo o prefeito Genivaldo Meneses, além do prejuízo social e humano da crise de água no município, a seca reduziu cerca de 60 % do rebanho de gado no Vale do Ipanema, principal atividade econômica da região. “A situação se agrava a cada dia, as fontes naturais que abasteciam nosso município secaram e agora os carros pipas estão indo buscar água na cidade de Garanhuns, a 80 km de distancia”.
A medida tem duração de 90 dias, prazo em que a administração municipal, espera contar com o apoio do governo Estadual e federal em ações emergenciais, para que seja minimamente normalizado o abastecimento de águas a população do município.


Blog da Folha.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

BELO JARDIM F.C. COMPLETA 8 ANOS DE EXISTÊNCIA





PARABÉNS CALANGO DO AGRESTE, POR MAIS UM ANO DE EXISTÊNCIA...

PT: jantar de mensaleiros sem as estrelas do partidoFoto: Gustavo Gantois / Terra


A advogada Marília Ferreira protestou contra a ajuda aos condenados no mensalão Foto: Gustavo Gantois / Terra
Foto: Gustavo Gantois / Terra
Sem a presença de líderes nacionais do PT, a primeira 'vaquinha' feita por membros da sigla para pagar multas aplicadas a ex-dirigentes condenados no julgamento do mensalão foi recebida com um protesto solitário. A advogada Marília Gabriela de Farias, 31, foi à galeteria em Brasília em que ocorreu o jantar de arrecadação de fundos para criticar a iniciativa.
'Querem ajudar seus amigos? Dividam com eles parte da pena restritiva de liberdade', dizia cartaz que ela afixou na porta do restaurante. Ela não enfrentou resistência dos militantes, mas um deles retirou o papel assim que ela se afastou.
Organizado pela Juventude do PT do Distrito Federal, esse foi o primeiro ato realizado por integrantes da legenda para recolher dinheiro para pagar o total de R$ 1,8 milhão em multas aplicadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao ex-ministro José Dirceu, aos deputados José Genoino (SP) e João Paulo Cunha (PT-SP) e ao ex-tesoureiro Delúbio Soares.
No jantar na galeteria, foram vendidos ao menos 150 convites, que variaram entre R$ 100 e R$ 1.000. O jantar começou com um brinde a Dirceu. Nos discursos, os militantes não atacaram o STF e defenderam a história dos condenados e do PT. Um dos mais inflamados, o petista Cícero Rola, da Central Única dos Trabalhadores, chamou Dirceu de 'herói'. 'Se precisar comprometer 100% da minha renda para pagar, vou pagar.' 





Magno Martins.

Manchetes do dia no Brasil e no mundo


Folha de Pernambuco
Material escolar varia até 250%

Jornal do Commercio
Capibaribe navegável antes da Copa de 2014

Diario de Pernambuco
O Recife vai andar sobre as águas

Folha de S. Paulo
SP tem 661 mil pedidos médicos na fila de espera

Agora S. Paulo
Tribunal manda INSS subir auxílio-acidente para R$ 678

O Estado de S. Paulo
Petrobrás terá de elevar investimentos após revisão da ANP

O Globo
Turbinando o pibinho – Governo reduzirá custo de todas as empresas

Valor Econômico
Novas concessões de rodovias têm disputa acirrada

Correio Braziliense
Sites põem à venda versão falsificada de suplemento

Estado de Minas
Sacolinhas liberadas

Zero Hora
Quadrilhas miram o mercado de joias e impõem medo ao RS

Brasil Econômico
De 28 projetos de hidrelétricas no país, 20 estão atrasados ou parados

Jornais internacionais
The Washington Post (EUA)
Resgate mortal em crise de reféns na Argélia

El País (Espanha)
Assalto a fogo e sangue das tropas argelinas para liberar os reféns

Clarín (Argentina)
Esquenta a briga entre Cristina e Macri




Blog da Folha.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

NOTÍCIAS DO BELO JARDIM F.C.


O Belo Jardim F.C. treinou na tarde dessa quinta-feira (17), no Estadio Mendonção, o Téc. Edson Leivinha acerta os últimos detalhes para a estreia no Campeonato Pernambucano, que acontecerá neste domingo contra a equipe de Pesqueira.
O Estadio Mendonção passou por reformas no sistema de irrigação, sistema de drenagem e o gramado que esta em perfeito estado para receber os jogos. 

Fotos: Manu Campelo.











Mendonça Filho pede que a Fecomercio que implante uma Escola do Senac, em Belo Jardim, para formação profissional para comércio, hotelaria e turismo



O deputado federal Mendonça Filho e os representantes da CDL-Belo Jardim, o presidente Vantuir Regis dos Santos, Antonio Cavalcanti, Moacir Cintra e Evandro Valença foram recebidos esta semana pelo presidente da Fecomércio-Sesc-Senac, Josias Albuquerque para reafirmar o pedido de implantação de uma Escola do Senac, em Belo Jardim, para formação profissional para o comércio, hotelaria e turismo. “O comércio e o setor de serviço tem crescido muito em Belo Jardim e precisamos qualificar a nossa mão de obra para mercado de trabalho dentro da perspectiva deste novo momento econômico que Pernambuco vive”, afirmou Mendonça.
   A Escola do Senac é um investimento estimado em R$ 20 milhões e vai dinamizar a formação da mão de obra para Belo Jardim e demais municípios da região. Segundo Mendonça Filho, as negociações com a Fecomércio, através de Josias Albuquerque, foram iniciadas no ano passado. Na reunião desta semana,  a Fecomércio se comprometeu em fazer o projeto da Escola de Belo Jardim este ano e iniciar a execução da obra em 2014. “O presidente Josias Albuquerque foi muito receptivo e garantiu que vai solicitar ao departamento de arquitetura e engenharia a execução do projeto em 2013”, afirmou o deputado.
    Belo Jardim tem um comércio expressivo com a grandes redes como Eletroshopping e Americanas, que se instalaram em Belo Jardim por causa da luta do ex-deputado José Mendonça e do deputado Mendonça Filho. Um outro setor que cresceu muito em Belo Jardim foi o bancário com expressiva rede de bancos como Caixa Econômica, Banco do Brasil  e Santander, resultado do trabalho incansável do ex-deputado José Mendonça, e Itaú e Banco do Nordeste, por interferência de Mendonça Filho. “O nosso compromisso sempre foi com o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida dos belojardinenses. E nada melhora mais a qualidade de vida da pessoa do que emprego e renda”, afirmou.
    Segundo Mendonça, a economia em desenvolvimento exige educação e formação profissional qualificada. “Sempre brigamos para melhorar a educação e a qualificação profissional. A Escola Sesc/Ler no bairro Santo Antônio, na Cohab 3, com ensino fundamental de excelente qualidade, é uma prova da nossa luta, minha e do ex-deputado José Mendonça”, afirmou.
   O deputado destacou que Belo Jardim tem um comércio local muito dinâmico e precisa ter  condição de competir com grandes redes. Para isso, tem que ter profissional qualificado. Os cursos a serem oferecidos pela Escola do Senac, em Belo Jardim, serão definidos pela Fecomércio durante a elaboração do projeto da unidade de ensino. Mendonça Filho diz que a proposta é, posteriormente, transformar a escola numa faculdade do Senac, como existe em outros locais como São Paulo, fortalecendo o polo educacional do município e da região.  


Nádia Ferreira

FPF LANÇA PERNAMBUCANO 2013

Elizabeth Leal/LeiaJáImagens

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) promoveu, na noite desta quarta-feira (16), a festa de lançamento do campeonato Pernambucano Coca-Cola 2013.O evento, que foio fechado para a imprensa e convidados especiais.
Durante a festa, houve a posse da presidência do Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE). Também foi lançado um aplicativo para smartphones, para sistemas operacionais Android e iOS. O app será distribuído gratuitamente e permitirá ao torcedor acessar as informações da competição, como tabela e classificação.
O evento teve quatro atrações nacionais. A ex-panicat Dani Bolina, a ex-assessora parlamentar e protagonista do escândalo do “Furacão da CPI” Denise Rocha e as dançarinas Valesca Poposuda e Adriana Bombom desfilaram com os novos uniformes dos times pernambucanos. Além delas, oito modelos pernambucanas exibiram os padrões dos clubes para 2013. 

Federação Pernambucana de Futebol.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Mendonça Filho denuncia demissões na Chesf e volta a pedir explicações ao Ministério de Minas e Energia sobre esvaziamento da empresa


  
  O deputado federal, Mendonça Filho, vai pedir ao Ministério de Minas e Energia explicações para o corte de  cerca de 25% dos contratos em vigor, que está resultando na demissão em massa de funcionarios terceirizados. “O corte de terceirizados é o começo das demissões para adequação da Chesf à MP 579 do Governo Dilma, que mudou as regras de concessão para empresas de energia e impôs a Companhia uma perda de R$ 7,3 bilhões em ativos não amortizados”, denuncia Mendonça.
    Em novembro do ano passado, durante audiência com o então ministro interino de Minas e Energia, Zimmerman, o deputado questionou sobre o risco de um programa de demissão voluntária na  Chesf. Na época, Márcio Zimmermann não descartou a possibilidade de demissões na Chesf e reafirmou que a renovação das concessões para o setor elétrico obedecerá regra e as empresas terão que passar por um processo de enxugamento de custos para se adequarem as exigências do Governo.    
   “É inaceitável que o Governo Dilma decida, de forma arbitrária, desmontar a Chesf, uma empresa importantíssima para o Nordeste e fique por isso mesmo”, criticou. O deputado lembra que a A Chesf já perdeu autonomia e um plano de enxugamento vai significar perda de pessoal qualificado, de excelência técnica e efetivar o esvaziamento. Mendonça diz queas demissões na Chesf não devem ser vistas como uma questão coorporativa.
   “A Chesf tem um quadro técnico qualificadíssimo e perder esses profissionais significa perda no planejamento e nos projetos de engenharia no setor de energia, que sempre foram referência nacional”, disse, ressaltando que isso afeta diretamente a qualidade do serviço prestado à população e resulta em interrupções no fornecimento de energia. O deputado recebeu informações de servidores da Chesf de que as demissões de funcionários terceirizados começam agora em janeiro. Por isso, solicitou à equipe técnica da liderança do Democratas, em Brasília, a preparação do pedido de informações sobre o processo de demissões na Chesf. Mendonça apresenta o requerimento de informações no retorno da atividade parlamentar, em fevereiro.
   Para  desonerar o setor elétrico, Mendonça sugeriu ao Governo Dilma que abra mão de impostos federais como os 9,5% do Pis/Cofins e contribuições sobre lucro, ao invés de sacrificar as empresas do setor elétrico. O parlamentar defende que o setor elétrico precisa de transparência, estabilidade e regras claras, que não mudem de acordo com o humor dos governantes. "O País está pagando um preço alto pela falta dessas regras. A gestão petista do setor elétrico mostra tem sido arbitrária e pouco eficiente. Os apagões  são frequentes e o setor, claramente, precisa de correção de rumo”, completou. 

Nádia Ferreira 


No time do Belo Jardim, que disputa o estadual, futebol é coisa de família


Técnico Edson Leivinha tem dois filhos entre seus comandados mas garante que relação familiar não interfere no trabalho



A família Oliveira está morando em Belo Jardim a trabalho. Pai e filhos (morando em casas separadas) acordam cedo, tomam banho, café, colocam o uniforme da empresa e se encontram para o início de mais uma jornada. Só que, no lugar de computadores e planilhas, o clã Oliveira usa bolas, chutes, cabeçadas e esquemas táticos para conseguir o ganha-pão. Empregados do Belo Jardim Futebol Clube, o técnico Edson Leivinha e seus filhos Neto e Felipe não se importam com nepotismo e estão juntos por uma boa campanha do Calango no Pernambucano 2013.

Leivinha Neto Felipe Belo Jardim (Foto: Lula Moraes / GloboEsporte.com)
Edson Leivinha diz que cobrança com os filhos é ainda maior (Foto: Lula Moraes / GloboEsporte.com)

- Essa história de nepotismo não me incomoda, eles estão no grupo por competência e sou bastante profissional sobre isso. E também não é a primeira vez que isso acontece, é só olhar na seleção brasileira de vôlei o técnico Bernardinho com o filho e levantador Bruno. No futebol temos o Fluminense de Abel Braga e do volante Fábio, enquanto a seleção americana jogou a Copa do Mundo de 2010 com o técnico Bob Bradley e o meia Michael Bradley.  A seriedade é o que determina essa relação - disse Leivinha.
O primogênito Felipe Oliveira, 23 anos, é zagueiro titular e homem de confiança de Leivinha, enquanto o volante Neto, 21 anos, é reserva e batalha por uma vaga entre os 11. Não é a primeira vez que o trio trabalha junto já que, no ano passado, o clã Oliveira estava na Cabense para disputar a Série A2. Antes, Edson Leivinha tinha sido treinador de Felipe Oliveira no sub-20 do Sport, em 2008 e no Marília, em 2010, enquanto Neto teve o pai como chefe no Sub-20 do Sport, em 2009.
- Eu fico mais na minha, mostro para as outras pessoas que a relação de pai e filhos não influencia o nosso trabalho. E até cobro mais, mesmo inconscientemente, até para evitar qualquer comparação de tratamento.
Felipe e Neto Belo Jardim (Foto: Lula Moraes / GloboEsporte.com)
Felipe e Neto precisam suar a camisa como todos
os outros (Foto: Lula Moraes)
No treino do Belo Jardim, pai e filhos não demonstram o afeto familiar. Nada de alguém falar "desculpa, pai" ou soltar um "filho, faz assim". Chamam uns aos outros pelo nome e, para os desavisados, são simplesmente técnico e jogadores. Felipe Oliveira disse que já sofreu bastante preconceito e por isso prefere evitar qualquer desconforto com o grupo.
- No início, acontecia alguns comentários e desconfianças sobre eu estar jogando sob o comando do meu pai. Se não falavam, eu percebia pelo olhar, pelo comportamento dos colegas, a reprovação por eu estar ali. Mas, com o tempo, mostrei que não tinha nada a ver e conquistei o meu espaço e o respeito dos demais.
Mesmo com a intimidade familiar, os três garantem que problemas de campo não chegam à mesa de jantar.
- Não tem essa de ficar falando sobre futebol em casa. Lógico que às vezes é inevitável, mas é raro. Normalmente evitamos esse assunto para que não extrapole para a nossa vida em família - explicou Neto.
Os irmãos garantem que não têm problema de convivência com o pai ou entre eles, nem mesmo uma raiva momentânea. Tranquilo, o trio exalta a harmonia em que vive. Neto até brinca com a afinidade deles.
Neto Belo Jardim (Foto: Lula Moraes / GloboEsporte.com)
Na reserva,volante Neto ainda tenta uma vaga no
time escalado pelo pai (Foto: Lula Moraes)
- Nunca aconteceu de a gente brigar ou discutir por conta de trabalho, é sério. Mas se rolar de ter algum estresse, a gente se resolve na “porrada” - brincou.
Leivinha tem orgulho dos filhos e sobre eles só solta elogios. Disse que não insistiu para que Felipe e Neto virassem jogadores, mas que a convivência deles ainda crianças no ambiente de trabalho, influenciou. Pai coruja, o treinador evita a resposta para a pergunta mais complicada sobre as crias: quem é o melhor?
- São bons jogadores e, por conta das posições, que são diferentes, não posso definir quem é o melhor. Para a família, Neto é mais jogador, porque tem mais técnica. Só que ele é mais lento, funciona nos trancos. Felipe Oliveira é um atleta que usa mais o físico, a força, porém também tem técnica para sair com a bola. São duas boas armas que tenho para o Pernambucano - paparicou Edson Leivinha.

Globoesporte.com

Em Minas, eleitores de 15 municípios esperam por novas eleições


Um total de 156 mil eleitores poderá ter que voltar às urnas para escolher os prefeitos de 15 cidades onde os eleitos foram cassados. Data está marcada em dois dos municípios
Eleitores de 15 cidades mineiras podem voltar às urnas neste ano para escolher novamente um prefeito. Na maioria desses municípios, os políticos que venceram as eleições de outubro haviam sido denunciados por crimes diversos, concorreram por força de liminares, mas após o pleito tiveram suas candidaturas impugnadas em diferentes instâncias da Justiça eleitoral. Em alguns dos casos ainda cabe recurso. Se as novas eleições forem confirmadas nessas 15 cidades, um contigente de 156 mil eleitores terá que votar novamente. A última a entrar na lista foi Espinosa, no Norte de Minas, cujo prefeito eleito teve a chapa cassada ontem (leia texto nesta página).
Por enquanto, a data para um novo pleito foi marcada em apenas duas cidades: Biquinhas, na Região Central, e São João do Paraíso, no Norte de Minas, em 7 de abril. A maior cidade entre as 15 é Diamantina, no Vale do Jequitinhonha. O que causou a impugnação da chapa do prefeito eleito, Paulo Célio (PSDB), foi a situação do vice, Gustavo Botelho (PP), que administrou o município entre 2001 e 2008 e teve a prestação de contas rejeitada. Enquanto a nova data não é marcada, quem comanda a cidade é o presidente da Câmara Municipal, Maurício Maia (PSDB).
A data do novo pleito em Diamantina deve ser definida na sessão plenária de hoje do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). Também está na pauta do TRE-MG a marcação de nova eleição em Cachoeira Dourada, no Triângulo Mineiro. O prefeito eleito, Walter Pereira Silva (PTB), teve 60% dos votos válidos, mas foi impedido pela Justiça eleitoral de exercer o mandato.
Outra cidade em que os eleitores terão que voltar às urnas e aguardam uma decisão do TRE sobre a data é Rochedo de Minas, na Zona da Mata. O prefeito eleito, Sérgio Colleta da Silva (PP), obteve 55,17% dos votos válidos e também teve o mandato cassado pela Justiça eleitoral. De acordo com a lei, quando o primeiro colocado consegue mais de 50% dos votos e é cassado, uma nova eleição é convocada. Se o total de votos válidos obtidos for inferior à metade do total, o segundo colocado na eleição assume o posto. Isso foi o que aconteceu em três cidades: Arcos, na Região Centro-Oeste; Corinto, na Região Central; e Senhora do Porto, no Vale do Rio Doce.
Em Arcos, tomou posse Roberto Alves da Silva (PCdoB), que obteve 33,34% dos votos válidos. Em Corinto, Nilton Ferreira da Silva (PSDB) e o vice, Adjalme de Jesus Chavis (PP), foram cassados por abuso de poder político e de autoridade. Assumiu o cargo Sócrates Lima Filho (PSC), que obteve 32,93% dos votos válidos. Em Senhora do Porto, assumiu a chefia do Executivo Geraldo Lúcio Albino (PSB), que teve 1.255 votos, ou seja, 47,63% da preferência do eleitorado.
Sete cidades aguardam uma decisão final da Justiça Eleitoral para saber se terão um novo pleito: Camanducaia (Sul de Minas), Olaria (Zona da Mata), Novo Oriente de Minas (Vale do Jequitinhona), Capela Nova (Central), Verdelândia (Norte de Minas), Água Boa (Rio Doce) e Orizânia (Zona da Mata). Já em Piedade dos Gerais (Região Central) e Ibiá (Alto Paranaíba) a decisão cabe ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em Ibiá, a situação é curiosa. O primeiro colocado nas urnas, Paulo José da Silva (PMDB), teve 44,34%, e, caso seja impugnado pelo TSE, o segundo colocado, Hélio Paiva da Silveira (PP), poderia assumir. Porém, tanto o primeiro quanto o segundo colocado aguardam uma decisão do TSE, e, caso ambos sejam impedidos, uma nova eleição será convocada.
A situação mais pitoresca é a de Biquinhas, na Região Central, distante 270 quilômetros de Belo Horizonte. Na cidade, de 2.630 habitantes, um namoro enrolado impediu que Arisleu Ferreira Pires (PSDB) assumisse a prefeitura. Logo após a eleição, os ministros do TSE entenderam que Arisleu vive em união estável com Valquíria Silva. Arisleu foi eleito pela quarta vez prefeito da cidade. No intervalo entre seus governos – de 2004 a 2008 – a prefeita foi Valquíria. Os ministros decidiram que vale o parágrafo 7º do artigo 14 da Constituição federal: “São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o cônjuge e os parentes consanguíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do presidente da República, de governador de estado ou do Distrito Federal, de prefeito ou de quem os haja substituído dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de mandato eletivo e candidato à reeleição”.
Brasil
Em todo o país apenas 14 cidades têm uma data para a eleição. Ainda falta definir a data de 45 dos 59 municípios que tiveram o resultado do último pleito anulado. Além das duas mineiras (Biquinhas e São João do Paraíso),  12 já definiram o calendário: Guarapari (ES) será a primeira a conhecer o novo prefeito, em 3 de fevereiro. Um mês depois, em 3 de março, será a vez de mais 10 cidades resolverem a pendência: Bonito (MS), Sidrolândia (MS), Tangará (SC), Criciúma (SC), Campo Erê (SC), Balneário Rincão (SC), Camamu (BA), Novo Hamburgo (RS), Eugênio de Castro (RS) e Erechin (RS). Já o município de Pedra Branca do Amapari ( AP) vai eleger o novo prefeito em 31 de março.




Diário de Pernambuco.

Dilma e Aécio: passando o chapeu


 Não foi apenas para tratar do desenvolvimento do país que a presidente Dilma convidou para conversas os presidentes da Cosan, Vale, Bradesco e Odebrecht, na quinta e sexta-feira. Eles são os maiores financiadores do PT e juntos doaram R$ 12,08 milhões para o partido em 2010, levantou a coluna. A agenda de Dilma tem motivo. Aécio Neves, o pré-candidato do PSDB, pediu aos economistas tucanos em Dezembro que procurem estes patrocinadores. Foi dada a largada para a disputa presidencial de 2014.

O grupo usineiro Cosan doou a bagatela de R$ 3,65 milhões para o PT nacional em 2010. Para o PSDB, repassou R$ 1,4 milhão.

O Bradesco, segundo maior banco privado, repassou para os petistas R$ 1,66 milhão. Para o PSDB nacional, R$ 575 mil, e para o tucanato paulista e paranaense, R$ 750 mil.

Maior empreiteira em atividade, a Odebrecht deu R$ 2,4 milhões para cada um: PSDB e PT nacionais. Para tucanos de Minas, Estado de Aécio, foram mais R$ 200 mil.

A mais generosa foi a Vale Fertilizantes. Foram R$ 2,05 milhões apenas para o PSDB mineiro. Mais R$ 1,45 milhão para o PSDB nacional e R$ 4,37 milhões para o PT.





Magno Martins.

Guerra religiosa não


O Governo está sendo criticado por dar passaporte diplomático ao apóstolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus. É esquisito; mas o Governo dá passaportes diplomáticos a autoridades religiosas, como cardeais católicos, e não poderia discriminar outras religiões.

Errado, no caso, não é dar o passaporte diplomático a Santiago: é dar passaporte diplomático a líderes religiosos, sejam quais forem. Que cada um tire seu passaporte normal, e pronto.

A Rede Record atacou pesadamente, no Domingo Espetacular, dois 
programas da concorrente Rede Globo: Salve Jorge e Canto da Sereia. Motivo alegado: os dois programas seriam favoráveis a cultos 
afrobrasileiros.

Admitamos que sejam. E daí? Se forem favoráveis ao islamismo, budismo, judaísmo, catolicismo, protestantismo, qual o problema? Combater a liberdade religiosa é absurdo (e ilegal); e traz à memória os tempos tristes da perseguição a quem pensa diferente.



Magno Martins.

Manchetes do dia no Brasil e no mundo


Folha de Pernambuco
Imóveis vão ter juros menores
Jornal do Commercio
Estado assumirá a BR-101
Diario de Pernambuco
R$ 3,5 bilhões para vencer 2013
Folha de S. Paulo
Caixa corta taxa de juros para imóveis acima de R$ 500 mil
Agora S. Paulo
Aposentado por invalidez pode manter plano de saúde
O Estado de S. Paulo
Assembleia libera servidor de bater ponto diariamente
O Globo
Risco de racionamento – Térmicas podem anular desconto na energia
Valor Econômico
Empresas terão forte perda com seus planos de pensão
Correio Braziliense
Suplemento proibido é vendido por traficantes
Estado de Minas
Oficinas viram garagem por falta de peças
Zero Hora
Aumento na gasolina ofusca luz mais barata
Brasil Econômico
Caixa reduz juro de imóvel acima de R$ 500 mil de olho na classe A
Jornais internacionais
The Washington Post (EUA)
EUA avaliam ajuda militar à França no Mali
El País (Espanha)
Debilidade da economia europeia atinge a Alemanha
Clarín (Argentina)
Pedágios portenhos sobem até 12,5%


Blog da Folha.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Técnico do Belo Jardim comenta sobre expectativas para o Pernambucano 2013


Reveja entrevista.

Pra você que não assistiu a entrevista com o Téc. do Belo Jardim F.C. Edson Leivinha, onde ele falou da expectativa para o inicio do campeonato entre outros assuntos.
Assista agora.



+ab. Globo.com

De Olho no Esporte


Belo Jardim tem energético caseiro, time remodelado e muito otimismo



Jacuba é o energético caseiro que o roupeiro Lela faz e distribui para os jogadores do Belo Jardim a cada treinamento. O suco é composto por rapadura, limão, gelo e água e substitui as bebidas industrializadas que aumentam o rendimento dos atletas e são mundialmente consumidas no meio esportivo. A receita de Lela parece estar fazendo efeito, pois o Alviverde é um dos times mais adiantados na preparação para o Campeonato Pernambucano 2013.
Enquanto os jogadores concorrentes estão na fase de readequação física e os treinadores ainda estão conhecendo os atletas, o técnico Edson Leivinha está realizando coletivos em Belo Jardim. A equipe do Calango já realizou  amistosos e o treinador é um dos poucos comandantes que tem o time titular montado na sua cabeça.
Belo Jardim (Foto: Lula Moraes/Globoesporte.com/PE)
Leivinha está muito otimista com o Belo Jardim (Foto: Lula Moraes/Globoesporte.com)

- O segredo é que desde o início da nossa preparação, dia 17 de dezembro, coloquei os jogadores para trabalhar com bola. Mesmo na preparação física, os atletas tinham exercícios com bola. Isso fez com que queimássemos etapas da pré-temporada sem comprometer o condicionamento e a parte técnica. Já estamos no momento de testar o time nos coletivos e nos amistosos - disse o treinador, que estreia contra o Pesqueira, no estádio Mendonção, em Belo Jardim no dia 20 de janeiro.
Leivinha vem trabalhando duro com o grupo. Os alviverdes estão treinando em dois períodos, sendo o da tarde com bola, esticando até o meio da noite. A progressão do planejamento para o Pernambucano está sendo importante para o entrosamento e a identidade do time, pois, assim como ocorre com os oponentes, o Belo Jardim contratou muitas reforços. Foram 24 contratados de um grupo de 30 atletas.
- Nosso entrosamento está surgindo e tenho a impressão de que faremos uma campanha surpreendente no campeonato. Ano passado conseguimos manter o Belo Jardim na elite estadual, então está na hora de buscarmos a classificação entre os quatro melhores do Pernambucano. 
Yannick - Belo Jardim (Foto: Lula Moraes/Globoesporte.com/PE)Treinador, diretoria e torcedores apostam as fichas no meia Yannick, de 24 anos, que veio do Guaçuano, time do interior de São Paulo. Tido como um jogador habilidoso, com visão de jogo, ele é mais um camisa 10 prometido para estourar no Pernambucano 2013.
- Foi formado pelo Corinthians, é um jogador de qualidade. Ótimo finalizador e deve comandar o nosso meio campo. Inicialmente é a estrela do meu time e deve ser um dos destaques do estadual.
Outro destaque é a presença do goleiro Romero, que tem boas participações no Estadual defendendo o Ypiranga e o Petrolina. Na defesa, o ex-zagueiro do Sport, Elias, é um dos homens de confiança de Edson Leivinha. Jogando com o esquema 3-5-2, o Calango tem no antigo rubro-negro uma peça chave no funcionamento da equipe.
- Jogaremos no 3-5-2, mas não seremos defensivos. Teremos pegada, mas se engana quem acredita que jogaremos para nos defender. Os alas darão muito trabalho para as defesas adversárias, assim como meio-campo. E dos três zagueiros, apenas um ficará fixo, como líbero, pois os outros têm liberdade para subir. O grupo me permite essa ousadia. Ganhamos o amistoso contra o CSE (Alagoas) por 1 a 0 e eles se surpreenderam com a gente. E ganhamos o 2° amistoso contra o União Independente de Cachoeirinha por 7 a 0. No Pernambucano não será diferente.
Time Base 3-5-2:  Romero; Elias, Eduardo Eré e Felipe Oliveira; Felipe Almeida, Xinho, Fábio Recife, Yannick e Fernandinho; André e Muller.
Belo Jardim (Foto: Lula Moraes/Globoesporte.com/PE)
Roupeiro Lela prepara energético natural para jogadores (Foto: Lula Moraes/Globoesporte.com)

Globo Esporte

Presidenta do TSE determina apuração de gastos com horas extras de servidores do tribunal


Cármen Lúcia determinou determina apuração de gastos com horas extras de servidores do tribunal
 (Carlos Santos/DN/D.A Press)
A ministra Cármen Lúcia, presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou rigorosa apuração das denúncias de irregularidades no pagamento de horas extras no período eleitoral de 2012. Denúncias que resultaram, inclusive, na exoneração (a pedido) do diretor-geral do tribunal à época, Alcides Diniz, substituído no cargo, em 14 de dezembro, por Anderson Vidal Corrêa.

A relação com os nomes dos funcionários que receberam horas extras no período eleitoral está disponibilizada na página do tribunal na internet, com os respectivos valores adicionais para cada um, e será feita sindicância caso a caso, de acordo com a assessoria de imprensa do TSE.

Na verdade, segundo a assessoria, os gastos com horas extras no período eleitoral, em especial de setembro a novembro, foram maiores que nas eleições de 2010, em decorrência, principalmente, de terem sido as primeiras eleições sob influência da Lei da Ficha Limpa, que aumentou consideravelmente o número de processos analisados na época.

As greves dos servidores da Justiça Eleitoral e dos funcionários dos correios, às vésperas das eleições, também contribuíram para aumentar a concentração de trabalho.




Diário de Pernambuco.

Prioridade é a farra com dinheiro público. Energia não


 Enquanto boa parte dos brasileiros preocupa-se com o racionamento de energia, a Eletrosul foca em outra realidade. Os 68 patrocínios
culturais da estatal em 2012 favorecem projetos descompromissados em combater o desperdício e aumentar a eficiência energética. Teve dinheiro para a Festa do Carneiro no Buraco, corrida de MotoCross, OktoberFest de Itapiranga, Feira da Mandioca, Festa da Melancia, Festa do Feijão, Festa Nacional do Kiwi, Cavalgada dos Ventos, Festival Ovino Vinho, entre outros. Tomara que a lista de favorecidos para 2013 tenha sintonia com a atual situação energética.

Maurício Tolmasquim, presidente da Empresa de Pesquisa Energética, diz que desde que entrou no governo, em 2003, responde com frequência à pergunta se vai faltar energia no País. “Até o porteiro do prédio questiona isso.” Para ele, é “absurdo” o número de térmicas – hoje operando quase no limite (16.228 MW) da capacidade. “Dá dor no coração quando saio de um leilão de energia sabendo que ganhou uma porção de térmicas”, acentua. Ok, mas foi a EPE que privilegiou as termoelétricas ao montar a política de energia em curso no País.




Magno Martins.

Freire sugere seu nome para candidato à Presidência


DO PORTAL BR247

Com a disputa pela Presidência em 2014 ainda em aberto, o presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire, tratou de discretamente sugerir seu nome entre os pleiteantes ao Palácio do Planalto. Candidato à Presidência em 1989, Freire considera muito cedo para tratar da eleição de 2014, mas, questionado sobre se 'poderia entrar na disputa', respondeu que sim.
A entrevista foi publicada nesta segunda-feira no site do deputado (leia aqui), e surge após um período de flerte público do socialista com o ex-governador José Serra, que, por falta de espaço, estaria pensando em deixar o PSDB -- Serra teria desmentido essa possibilidade a amigos. Ao 247, Freire chegou a dizer que (Clique aí e leia)  'a esquerda quer Serra e (a ex-ministra) Marina' Silva, demonstrando o interesse em atrair ambos para o PPS.
Na entrevista publicada em seu site, o deputado elogia o senador Aécio Neves (PSBD-MG), maior responsável pela perda de espaço de Serra no PSDB, mas cobra uma oposição mais contundente dos tucanos. Oposição que ele reforça ao responder perguntas sobre a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula: 'Somos contra o governo incompetente e corrupto de Lula e Dilma'.




Magno Martins.

Manchetes do dia no Brasil e no mundo


Folha de Pernambuco
12 mil vagas
Diario de Pernambuco
Mais do que um pneu roubado…
Jornal do Commercio
Recorde de faltas na UFPE
Folha de S. Paulo
SP e RJ adiam reajuste de ônibus para frear inflação
Agora S. Paulo
INSS confirma pagamento da revisão do auxílio-acidente
O Estado de S. Paulo
Haddad corta R$ 5,2 bi do orçamento e ‘congela’ obras
O Globo
Além das mortes – Rio perde bilhões com acidentes em estradas
Valor Econômico
Com juro menor, crédito agora atrai até a classe A
Correio Braziliense
GDF revisa Nota Legal e libera uso de créditos
Estado de Minas
Oh, my God!
Zero Hora
Assembleia mantém descontrole sobre empréstimo de servidores
Brasil Econômico
Com pressão da Anvisa, preços de remédios caem 35% em oito anos
Jornais internacionais
The Washington Post (EUA)
Obama não irá discutir débito com republicanos
El País (Espanha)
Espiões de Madri tinham ordem para vigiar Gallardón
Clarín (Argentina)
Consultorias privadas estimam que inflação real tenha chegado a 25,6% em 2012



Blog da Folha.