MILK FRUIT

MILK FRUIT

terça-feira, 26 de junho de 2012

“ESTELIONATO ELEITORAL”

DIREITO DO ELEITOR....



Na compra de certo produto,  o cliente experimenta suas virtudes ou defeitos( Direito do Consumidor). Não se dá o mesmo nas urnas (Direito do Eleitor).
Como diz o sábio  “...o eleitor não conhece antecipadamente o efeito de sua escolha...”
Daí  por não sabermos o que está  escrito na  testa  dos  candidatos,  suas  intenções para com o POVO,  apenas ficamos sabendo quando se dá  a  eleição e seus  resultados.
São eleitos  candidatos de conversa  torpe,  mentirosa, traidora, oportunista, velhaca, descompromissada para com os eleitores e o povo,  na qualidade  das  espécies em extinção ‘valdemirnus cintrale  mentirex   e  outros”.
Essa  classe não merece a  complacência  do  eleitorado, uma  vez que, no   primeiro  momento  vende sua alma ao diabo  ou a quem estiver  perto dela in casu,    a  também espécie  falciforme   joanines  traitore.
Qual  o tipo de   representatividade que  estas pessoas   tentam  buscar, quando  no seio da  política nacional,  há  a  queda dos  conchavos  “políticos/financeiros”  a exemplo do  mensalão  e do efeito cachoeira.
Entendemos que isso  é  apenas  a ponta  de um  profundo  iceberg  intitulado corrupção,  no seio da política  nacional, onde  nos rincões  desses brasis,  a exemplo  da nossa cidade,  figuras  dessas  espécies  corruptor    tendem  à  extinção,  não por força  de uma  justiça,  que é morosa,  cheia de entraves, brechas e  que  tem uma complicada  relação processualista,  mas,  pela  força  da escolha  popular,  que,  aos  poucos,    expurgam  esses  estelionatários políticos  do seio social.   Pena  que este povo eleitoreiro   demore  a  acordar.
Tenham paciência, procurem a melhor opção, veja o histórico do candidato,  suas referencias  particulares  e familiares. Veja com atenção  que  existem pessoas  honradas e com berço de dignidade  que   querem sempre o melhor para  Belo Jardim.
Não se iludam com as promessas de ex-gestores e ditos representantes do povo (vereadores) que provaram nos últimos acontecimentos, não ter compromisso  com sua função legislativa para com o povo,  a não ser  com seus interesses particulares,  pois, vocês  já conhecem as figuras  e  seus  maléficos  atos  contra  a municipalidade.  O DIREITO DO ELEITOR, nos  orienta  a  saber  escolher  bem  os nosso  candidatos, para  não  sermos  vitimas  dos  ESTELIONATÁRIOS POLÍTICOS.


Dr. Risonaldo Costa.

Um comentário:

  1. Fantástico o texto!
    É aplicável em qualquer parte desse Brasillzão.

    ResponderExcluir